Cuide de sua saúde, alimente-se bem.

A boa alimentação deve fazer parte da nossa rotina porque pode auxiliar na manutenção da saúde, na prevenção e tratamento de doenças, no desempenho da atividade física esportiva, no controle do peso corporal, nos estados de alergias e intolerâncias alimentares e na redução de fatores de risco para doenças crônicas. Alimentação também é parte importante do tratamento de doenças como hipertensão, diabetes, dislipidemias, cardiopatias, doenças renais, anorexia, etc.

Além disso, com o passar dos anos o corpo sofre transformações, transitórias ou permanentes, como na infância, puberdade, gestação ou no envelhecimento, que podem demandar modificações da oferta nutricional, para resultar no bem-estar do indivíduo.

Na atualidade, as pessoas devem preocupar-se, no mínimo, em manter um peso adequado. O excesso de peso aumenta o risco de doenças crônicas, como obesidade, diabetes, infartos e câncer. Peso controlado e exercício regular são fatores importantes para uma vida longa e saudável, bem como a variedade alimentar, com baixo teor de gorduras, qualidade de fibras e ingestão moderada de açúcares e sódio.

A alimentação balanceada é aquela que contém todos os nutrientes essenciais, ou seja, que o organismo não produz, necessários para a manutenção das funções dos tecidos e órgãos e do crescimento e desenvolvimento normais, nos casos de crianças e adolescentes. Assim, considera-se que alguns alimentos ou seus substitutos são elementos fundamentais para prover esses resultados.

De forma didática, podemos classificar os nutrientes em energéticos, construtores e reguladores. Energéticos: são aqueles que garantem o combustível para as células do organismo, mantendo-as em atividade e assegurando-as a vida. São as células os elementos principais que compõem os órgãos e tecidos do organismo humano. Chamamos de energéticos açúcares e gorduras e todos os alimentos a base destes. Os principais são pão, arroz, macarrão, farinhas, açúcar branco, mel, milho, chocolates, óleos vegetais, manteiga, margarina, Construtores: são os nutrientes que formam/constroem as estruturas do organismo, construindo tecidos como os músculos e pele e órgãos como o fígado e o coração, bem como, enzimas, secreções, hormônios, etc. Sem esses elementos, nosso corpo se degenera. São chamados de proteínas: ovos, leite, queijos, carnes, peixes são os principais. Reguladores: conhecidos como vitaminas e minerais. São responsáveis por promover as funções das estruturas corporais, como mensageiros para que as células desempenhem suas atividades de forma adequada.

Esses nutrientes estão distribuídos entre diversos alimentos. Para não haver falta desses elementos, é importante incluir na alimentação uma variedade de verduras, hortaliças, legumes, frutas, grãos como aveia, arroz e milho, leguminosas como feijão, soja, lentilha e ervilha, além do leite e derivados, das carnes e dos peixes.


Todos os Direitos Reservados Imodernizar - Criado por Jogue Duro Comunicação